✪ Novo Guia ComercialNotíciasHorários de Ônibus Araçoiaba da Serra Humor
 
Notícia postada em 10/06/2016
Nesta sexta (09) acontecerá protestos contra Temer em cerca de 40 cidades.
A população começa a se desconectar de Matrix.
Redação
Clickaraçoiaba - Araçoiaba da Serra - SP
Imprimir  
 
 Créditos da Foto: Reprodução. 
A Frente Brasil Popular, composta por entidades do movimento de esquerda e centrais sindicais, convocou manifestantes contrários ao presidente interino Michel Temer para ir às ruas nesta sexta-feira (10). Estão agendados protestos em São Paulo, Brasília, Rio e outras 34 cidades, sem contar atos fora do Brasil. Em São Paulo, a manifestação será ao longo da avenida Paulista e o carro de som principal ficará em frente ao Masp (Museu de Arte de São Paulo). De acordo com Raimundo Bonfim, coordenador da Central de Movimentos Populares (CMP), que integra a frente, haverá um trio elétrico de 22 metros para comportar o palco maior, além de um palco para intervenções artísticas e outro de apoio à imprensa. Serão instalados quatro telões de led e quatro caixas de som ao longo da Paulista, para fazer link com o caminhão principal.


O ato contará ainda com duas ambulâncias e banheiros químicos. A presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está confirmada no evento. A presidente afastada, Dilma Rousseff, estará em São Paulo, mas sua presença não está certa. Este será o primeiro ato unificado da Frente Brasil Popular desde que Temer assumiu a presidência interinamente, há menos de um mês. De acordo com Bonfim, as entidades trabalham para realizar um protesto "de fôlego".


Segundo ele, as gravações feitas pelo ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado revelam articulação de caciques do PMDB para os trabalhos da Operação Lava Jato. "Os áudios revelam aquilo que já vinhamos denunciando antes do impeachment: o objetivo de retirar a presidente Dilma não era combater a corrupção", disse. Bonfim rebate os argumentos pró-impeachment de que Dilma não tinha estabilidade para governar, lembrando que já houve duas trocas de ministro realizadas por Temer -Torquato Jardim assumiu a Transparência no lugar de Fabiano Silveira e Dyogo Oliveira entrou no Planejamento no lugar de Romero Jucá.


Ele acrescenta que três "estão na corda bamba", referindo-se aos ministros Henrique Eduardo Alves (Turismo) e Fábio Osório (Advocacia-Geral da União) e à secretária Fátima Pelaes (Políticas para as Mulheres). "Nossa mobilização de rua é no sentido de pressionar o Senado e impedir que o impeachment da presidente Dilma seja aprovado", concluiu. Segundo ele, a estrutura oferecida pela Secretaria de Segurança Pública será semelhante à dos protestos dia 18 de março, quando a Frente Brasil Popular fez outro grande ato na avenida Paulista.

Apesar da iniciativa partir de partidos de esquerda, outros cidadãos de bem que até pouco tempo apoiavam o golpe, começam a apoiar a democracia, finalmente temos alguns brasileiros cortando as cordinhas da marionete e se "desconectando de Matrix", o que é muito bom para o país que ainda poderá reverter o golpe camuflado e devolver a federação nas mãos de quem realmente sabe governar e tem as mão limpas, o governo que mais puniu corrupto acabou sofrendo uma inversão de papéis, não é porque hoje se vê a corrupção, que ela só existe agora, ou acontece mais neste momento, muito pelo contrário, reduziu significativamente, pois os corruptos "macacos velhos" estão com medo, pois estão vendo que agora colarinho branco também vai pra cadeia, a era das becas de aço também acabarão.




Edição: Aurélio Fidêncio
Fonte: Folha de São Paulo
CLICKARACOIABA.COM.BR - O PRIMEIRO É SEMPRE O MELHOR!
>> Presenciou um acontecimento, um crime, ou acidente, entre em contato através de nosso Whatsapp (15) 99732-1144


 

 

 
 
 
 
 
 
 


Compartilhe:

 
 
© 1999 - 2017 - Clickaracoiaba.com.br - Todos os direitos reservados - Araçoiaba da Serra - SP - Whatsapp / Vivo:(15) 99732-1144 - Desenvolvido por: FIDÊNCIO MARKETING.